Carteira do idoso interestadual (MDS): veja como fazer e renovar

Conheça o documento que dá a chance de viajar de graça por todo o Brasil!

A carteira do idoso interestadual (MDS) é um beneficio que garante tanto a gratuidade, como o desconto de 50% no valor das passagens interestaduais, sejam elas realizadas por trens, ônibus ou barcos.

Carteira do idoso interestadual (MDS) para quem tem mais de 60 anos.

A carteira do idoso garante o direito de viajar sem pagar pelas passagens. (Foto: Divulgação).

E caso você esteja na melhor idade, recomendo ler este artigo até o final. Isso porque, mostraremos um passo a passo de como emitir e renovar essa carteirinha que dá a chance de conhecer todas as riquezas culturais presentes nos 26 estados do Brasil.

Descubra todos os detalhes sobre carteira do idoso interestadual (MDS)

A carteira do idoso interestadual (MDS) é um benefício criado pelo Ministério do Desenvolvimento Social, o mesmo responsável pela concessão de benefícios como cadastro no BPC- LOAS, Bolsa Família, Restaurante Popular, ID Jovem, dentre outros.

Por meio da MDS, por exemplo, é possível realizar viagens interestaduais gratuitas ou com 50% de desconto no valor das passagens, quando não há mais vagas nos ônibus, trens ou barcos.

De acordo com legislação, as empresas de transporte coletivo interestadual devem reservar até duas vagas gratuitas para idosos com renda igual ou inferior a dois salários mínimos.

Quem tem direito a carteira do idoso interestadual?

A carteira do idoso interestadual (MDS) é um direito conferido aos brasileiros e brasileiras que tenham no mínimo 60 anos de idade e que não possam comprovar renda individual igual ou superior a um salário mínimo.

Onde deve ser feita carteira do idoso interestadual?

Em relação às etapas conferidas pelo cadastro da carteira do idoso interestadual, o primeiro ponto a ser levantado é que, antes de tudo, o (a) interessado (a) deverá realizar o seu cadastro no CadÚnico. Logo, é necessário comparecer ao setor responsável por esse registro em seu município.

Na maioria das vezes, esses procedimentos são realizados no CRAS da sua cidade, ou qualquer outro órgão vinculado a Secretaria de Assistência Social.

É importante lembrar que a emissão da carteira do idoso interestadual (MDS) é gratuita.

Para obter a carteirinha, é preciso dos seguintes documentos:

  • CPF ou Título de Eleitor;
  • Documento de identificação dos integrantes da casa, se houver.

Após entregar a documentação, o atendente deverá realizar o cadastro do idoso interessado no CadÚnico, recebendo, em seguida, o Número de Identificação Social (NIS)

Qual é o prazo de emissão?

Prazo de emissão para carteira do idoso interestadual é de até 90 dias. Contudo, enquanto a carteira não fica pronta, o idoso ou idosa poderá utilizar a Declaração Provisória.

Tal documento garante o direito de viajar de graça por todo o Brasil ou pagar apenas 50% nas passagens de ônibus, trens e barcos, com prazo de validade de até 180 dias.

Como conseguir a passagem após a carteira do idoso ter sido emitida?

Após a carteira do idoso interestadual (MDS) ter sido emitida, é necessário retirar as passagens na companhia com seis horas antecedência para as viagens com distância de até 500 km; e doze horas de antecedência para as viagens com mais de 500 km.

Outro detalhe importante é que o idoso deve comparecer com pelo menos 30 minutos antes de antecedência no terminal de embarque. Caso contrário, o mesmo perde o direito de realizar a sua viagem.

Qual é validade da carteirinha e como renovar?

A carteira do idoso interestadual (MDS) tem a validade de dois anos, a serem contados a partir da data de expedição. Sobre a renovação da carteirinha do idoso, é necessário que após o prazo de validade, o mesmo compareça até uma unidade do CRAS ou qualquer órgão mediado pelo Ministério do Desenvolvimento Social da sua cidade, para que assim, o seu cadastro no CadÚnico seja renovado!

Os idosos que não possuem a carteirinha MDS também podem viajar de graça ou com desconto?

Sim. No entanto, é preciso que o idoso comprove baixa renda familiar através do extrato da aposentadoria ou qualquer outro documento que contenha informação sobre os ganhos mensais.

Para usufruir de tal direito, o documento de identidade e o comprovante de renda devem ser apresentados no momento de compra da passagem.

O que você achou deste artigo sobre carteira do idoso interestadual (MDS)? Está pronto (a) para fazer as malas e viajar por todo o Brasil? Compartilhe com a gente!

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 4.8
Total de Votos: 5

Carteira do idoso interestadual (MDS): veja como fazer e renovar

Comente