Programa Novos Caminhos: cursos gratuitos, vagas e inscrições

A iniciativa espera gerar empregos e aumentar a renda dos brasileiros.

O Pronatec chegou ao fim, mas o Governo Federal logo tratou de lançar um substituto: o programa Novos Caminhos. A iniciativa, gerida pelo Ministério da Educação, espera promover cursos profissionalizantes gratuitos, com foco nas demandas do mercado e nas carreiras do futuro.

A formação técnica ainda sofre preconceito no Brasil – apenas 8% dos jovens se preparam para ocupar funções técnicas. Em outros cantos do mundo, a situação é um pouco diferente. Na Europa, por exemplo, 50% dos jovens fazem cursos técnicos. No Chile, esse percentual já chega a 30%.

Atualmente, o mercado de trabalho brasileiro vive um paradoxo. A taxa de desemprego entre os jovens de 18 e 24 anos é de 27,3%. Cerca de 40% das empresas, no entanto, tem vagas disponíveis, mas enfrentam dificuldades para encontrar profissionais qualificados de nível técnico. O programa Novos Caminhos vai mudar essa realidade, ao capacitar 10,5 milhões de trabalhadores até 2023.

O que é o programa Novos Caminhos?

Logo do programa Novos Caminhos do MEC

O programa Novos Caminhos foi lançado em outubro de 2019, pelo ministro da educação Abraham Weintraub, junto com o secretário de Educação Profissional e Tecnológica, Ariosto Antunes.

A iniciativa vai aquecer a oferta de cursos técnicos no Brasil. O público-alvo é composto por jovens brasileiros que atualmente não estudam e nem trabalho. Eles representam 11,1 milhões das 48,5 milhões de pessoas na faixa etária de 15 a 29 anos no Brasil. As capacitações serão promovidas conforme as demandas do setor produtivo.

A meta do MEC é que, até 2023, o número de matrículas aumente em 80% – subindo de 1,9 milhão para 3,4 milhões.

Com o novo programa, Weintraub não quer que os jovens mirem apenas no ensino superior como uma oportunidade de crescer na carreira. Ele espera estimular a educação profissional como uma forma de entrar no mercado de trabalho e ter uma renda até mesmo superior ao das pessoas que fizeram faculdade.

As ações do programa

O programa divide as suas ações em três eixos. Confira:

Gestão e Resultado

No primeiro eixo, intitulado de Gestão e Resultado, o MEC tem planos de reconhecer diplomas de formação técnica de 11 mil pessoas. Além disso, novos cursos serão regulamentados e autorizados, reconhecendo assim as principais tendências do mercado. Essa atualização no catálogo de educação profissional não ocorre desde 2014.

Articulação e Fortalecimento

Através do eixo Articulação e Fortalecimento, o programa vai ampliar a oferta de cursos de qualificação profissional para jovens e adultos. Além disso, também vai estimular a formação de professores e gestores educacionais. O propósito é contribuir com o currículo de mais de 40 mil docentes que atuam em escolas públicas nos próximos três anos. Serão lecionadas aulas de técnicas pedagógicas para educação profissional, empreendedorismo e indústria 4.0.

Jovens e adultos que buscam qualificação no mercado de trabalho, inclusive aqueles que hoje depende do Bolsa Família para sobreviver, poderão entrar na disputa por uma das 100 mil vagas de qualificação profissional. Os cursos gratuitos serão promovidos em parceria, principalmente, com Sistema S e Rede Federal.

Inovação e empreendedorismo

Nesse eixo, o MEC tem planos de estimular projetos de inovação e iniciação tecnológica. O investimento será de R$60 milhões até 2022. Além disso, a ideia é promover a cultura do empreendedorismo e atender demandas reais do mercado.

Novos Caminhos vs Pronatec

O programa Novos Caminhos tem semelhanças com o Pronatec, lançado por Dilma Rousseff em 2011. A iniciativa da ex-presidenta para estimular a educação profissional no Brasil chegou a investir R$2,8 bilhões em 2013. Posteriormente, o Ministério da Fazenda afirmou que a falta de planejamento do programa resultou em grande desperdício de dinheiro público.

Ainda não há informações sobre quando serão abertas as inscrições no programa Novos Caminhos. Dúvidas? Visite a página oficial da nova iniciativa do MEC.

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 5
Total de Votos: 1

Programa Novos Caminhos: cursos gratuitos, vagas e inscrições

Comente