Cadastro para receber BPC 2018: entenda como funciona

Você recebe o benefício BPC do Governo Federal? Saiba o que mudou e o que deve fazer para não perdê-lo.

Novas medidas foram aprovadas para 2018, que vão impactar Benefício de Prestação Continuada. Saiba a seguir o que é este benefício, como ele funciona, como participar, os requisitos e também o que se deve fazer para continuar recebendo no ano que vem. Veja a seguir tudo sobre o Cadastro para receber BPC 2018.

O Cadastro para receber BPC 2018 deve ser atualizado todo ano.

Muitos brasileiros dependem do BPC para sobreviver. (Foto: Divulgação)

O que é o BPC?

BPC significa Benefício de Prestação Continuada ou também conhecido por Benefício Assistencial. É um programa do Governo Federal em conjunto com a Lei Orgânica de Assistência Social, com o INSS e o Ministério de Desenvolvimento Social e Agrário.

Qual a sua finalidade?

Sua destinação é dar assistência aos idosos com baixa renda familiar e que não tenham contribuído com a previdência. Também atende deficientes com incapacidade moderada ou grave, atestados por médicos do INSS, de qualquer idade.

Quem pode receber?

O benefício garante um salário mínimo para:

  • idosos (acima de 65 anos) pobres, que não possuem condições de sustento pela família;
  • trabalhador rural que nunca contribuiu;
  • pessoas com deficiência incapacitante grave ou moderada.

Requisitos

Para solicitar o Benefício de Prestação Continuada, o cidadão deve pleitear esse direito comprovando com documentos que não possui meios para se sustentar ou para ser sustentado pela própria família.

vO cálculo para comprovar que a família não tem condições de sustento é feito pela soma da renda de todos que moram na mesma casa. Esse valor é dividido pela quantidade de membros e o resultado deve ser igual ou menor de ¼ do salário mínimo vigente.

O requerente deve estar incluído junto com os membros da família no Cadastro Único.

Os beneficiários que recebem o BPC devem seguir os novos requisitos e atualizar as informações para continuar recebendo em 2018.

Cadastro para receber BPC 2018

É importante fazer o recadastramento para não perder o benefício.

Quem já recebe o BPC e quer continuar com o benefício em 2018 deve ficar atento ao novo cadastro. Ele  deve ser feito no prazo máximo de 31 de dezembro de 2017 para não ter o seu benefício suspenso.

Para maior controle, o Governo Federal decretou que todos os beneficiários idosos ou os responsáveis pela família devem estar devidamente cadastrados com o seu CPF e também no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo.

Se você que é beneficiário idoso e não está no Cadastro Único deve procurar o posto do Programa Bolsa Família da sua cidade ou o CRAS (Centro de Referência da Assistência Social) mais próximo da sua casa, portando toda a documentação necessária que são os números de CPF de todos os membro da família, comprovação de renda e comprovante de residência.

É de suma importância que este cadastro seja feito dentro do prazo para que o benefício não seja suspenso em 2018.

Prazo de cadastro prorrogado [Atualização]

O encerramento do prazo para cadastro neste mês de dezembro causou tumultos e filas nas unidades do CRAS em todo o Brasil. Por esse motivo, o Ministério do Desenvolvimento Social resolveu ampliar o prazo para o fim de 2018.

Dicas

Para quem já recebe o benefício do BPC, ele lhe também permite pleitear outros benefícios do Governo Federal como Tarifa Social de Energia Elétrica, que é um desconto na conta de energia todo mês e também o programa bolsa família.

É importante também que as famílias que recebem tais benefícios saibam que os cadastros devem estar sempre atualizados, pelo menos de 2 em 2 anos, principalmente se mudar de endereço, renda ou novos membros na família, a fim de manter o benefício. Se a atualização não for feita corre-se o risco de ter o benefício suspenso.

Não deixe de fazer o Cadastro para receber BPC 2018 e mantenha seu benefício no próximo ano.

Para dúvidas deixe-nos comentários.

Comente