Cartão Bolsa Família 2019: passo-a-passo para fazer o seu

Recurso permite sacar o benefício e consultar o saldo.

O cartão Bolsa Família garante o pagamento do auxílio mensal do governo a todos os beneficiários do programa. Com ele, os brasileiros em situação de vulnerabilidade social e econômica têm acesso a uma série de direitos básicos, incluindo alimentação, saúde e educação.

Muitos brasileiros estão aguardando o cartão Bolsa Família.

O cartão só pode ser usado após o desbloqueio. (Foto: Divulgação)

O benefício é pago em dinheiro e distribuído entre famílias em situação de pobreza e extrema pobreza, ou seja, com renda de até R$ 178,00 por pessoa. Se houver crianças em idade escolar no núcleo familiar, é preciso que todas elas estejam regularmente matriculadas em uma das escolas da rede pública do país.

Para ter direito ao recebimento do Bolsa Família, também é necessário cumprir com outras condições. Isso inclui manter a carteirinha de vacinação das crianças em dia e garantir a frequência escolar mínima de acordo com a faixa etária. Dependentes com idade entre 6 e 15 anos devem comparecer a pelo menos 85% das aulas. Já os adolescentes de 16 e 17 anos, são obrigados a ter frequência mínima de 75% na escola. Em casos de gestantes no núcleo familiar, a realização do pré-natal pelo SUS é obrigatória.

Para que serve o cartão Bolsa Família?

O cartão Bolsa Família é um recurso criado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) para que as famílias beneficiadas possam ter acesso às parcelas com mais facilidade. Ele serve não apenas para sacar o dinheiro, mas também para obter o extrato ou consultar o saldo disponível.

Documentos necessários

O responsável pela unidade familiar (RF) deve ser preferencialmente uma mulher e ter mais de 16 anos de idade. Para fazer a inscrição no CadÚnico (Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal), é necessário apresentar os documentos comprobatórios de todos os membros da família. Veja a lista:

  • CPF ou Título de Eleitor (do RF);
  • Certidão de nascimento, certidão de casamento, carteira de identidade (RG), CPF carteira de trabalho ou Título de Eleitor de cada integrante da família.

Existem outros documentos que não são obrigatórios, mas facilitam o processo de cadastramento. Isso inclui comprovante de residência e comprovante de matrícula escolar de cada criança ou adolescente

Como fazer cartão Bolsa Família?

O cartão Bolsa Família é concedido apenas para as famílias que são cadastradas no programa, portanto, é de responsabilidade dos organizadores do programa e da Caixa Econômica Federal confeccionar e distribuir o cartão, que será utilizado para o saque do benefício. Para conseguir receber seu Cartão Bolsa Família, siga o passo-a-passo:

1º Passo: Compareça ao CRAS (Centro de Referência da Assistência Social) com os documentos de todos os familiares que moram na mesma casa que você. Lá será avaliada a renda mensal e determinado se a família se enquadra ou não nas regras do programa. Nas cidades que não possuem nenhuma unidade do CRAS, as famílias devem comparecer na prefeitura.

2º Passo: Se a sua família cumprir com todos os requisitos para o recebimento do bolsa família, imediatamente será feito o cadastro no programa e em todos os demais benefícios sociais que a família tiver direito.

3º Passo: Os responsáveis pelo programa Bolsa Família da sua cidade irão informar, no momento do cadastro no programa, a data em que o Cartão Bolsa Família ficará pronto. Geralmente, demora menos de 45 dias para chegar ao endereço cadastrado.

4º Passo: Após receber o cartão, vá até uma das agências da Caixa para fazer o desbloqueio e definir uma senha. Vale lembrar que é possível fazer o saque do benefício mesmo sem o cartão, basta apresentar documento de identidade no mesmo banco.

Como cadastrar senha no cartão Bolsa Família?

Após receber o cartão Bolsa Família, o responsável familiar deve cadastrar uma senha para garantir a segurança dos pagamentos. Para isso, basta telefonar para a central de atendimento da Caixa. O número é 0800 726 0207.

Durante a ligação, informe todos os dados solicitados, como NIS, RG e CPF. Crie uma senha para o cartão, de acordo com as instruções do atendente, e anote-a em um lugar seguro.

Depois de ligar para o 0800 do Bolsa Família, é preciso se dirigir pessoalmente a uma agência da Caixa Econômica Federal ou casa lotérica para finalizar o cadastro da senha. Nessa etapa presencial, o titular deve apresentar um documento de identificação original e com foto.

Como fazer o saque do benefício?

Logo após cadastrar a senha, o titular já pode sacar o benefício, desde que o dinheiro esteja disponível na conta. Há três formas de efetuar o saque das parcelas: nos caixas eletrônicos da Caixa, correspondentes Caixa Aqui e lotéricas.

Valor do saque

O valor do Bolsa Família é calculado de acordo com a composição do núcleo familiar. Em geral, o programa paga no máximo R$390,00 por família.

Uma família pode ter até 5 crianças cadastradas no Bolsa Família, sendo que cada uma delas garante o recebimento de R$41,00. No caso dos jovens, é possível cadastrar até dois filhos e receber R$48,00 para cuidar de cada um deles. Há, ainda, um valor único de R$89,00, pago a cada família que vive em situação de extrema pobreza.

Saldo Cartão Bolsa Família

O saldo do Cartão Bolsa Família pode ser consultado em qualquer agência da Caixa Econômica Federal. Mas para quem deseja ter ainda mais facilidade na hora de visualizar a quantia disponível na conta, basta fazer a consulta do saldo por telefone.

O titular deve ligar para 0800 726 02 07, digitar a opção 2 e em seguida 2 novamente. É necessário informar o número do NIS para descobrir se o benefício está disponível para saque.

Como solicitar 2ª via do Cartão do Bolsa Família?

Em caso de perda, roubo ou furto do cartão, o responsável pela unidade familiar pode solicitar uma nova via gratuitamente. Para isso, é necessário procurar uma agência da Caixa Econômica Federal ou telefonar para 0800 726 0207.

Desbloqueio cartão Bolsa Família

O bloqueio do cartão é feito quando o titular da família não realiza a atualização dos dados cadastrais, obrigatório a cada dois anos. O cartão também pode ser bloqueado quando é detectado que a família já possui renda superior a quantia mínima exigida pelo programa ou quando os menores não estão frequentando a escola regularmente.

O desbloqueio só é possível pessoalmente, na prefeitura ou no CRAS mais próximo do local onde a família reside. Será informado ao titular o motivo pelo qual o benefício foi bloqueado e também todas as instruções para efetuar o desbloqueio, normalmente, é preciso apresentar documentação que comprove que a família ainda está dentro das regras do programa e portanto, tem o direito de continuar recebendo o auxílio mensalmente.

Outras modalidades de pagamento

O maior programa de transferência de renda do Brasil trabalha com outras modalidade de pagamentos, uma delas é a Poupança Caixa Fácil. Ela entrou em vigor em 2016, com o objetivo de facilitar o uso do benefício na compra de alimentos, roupas, entre outros itens.

O beneficiário não precisa se dirigir até uma agência da Caixa ou casa lotérica para sacar todo o dinheiro de uma vez. Na verdade, ele conta com um cartão de débito, que permite usar o valor do benefício aos poucos. Essa modalidade não tem cobrança de taxa de abertura de conta, tampouco tarifas de manutenção ou de consulta ao saldo.

É importante lembrar, no entanto, que as contas simplificadas da Caixa comportam um limite de movimentação de até R$ 3.000,00. As consultas aos valores disponíveis para saque podem ser realizadas por meio do Internet Banking da Caixa.

Existem outros cartões para saque do Bolsa Família, como é o caso do Cartão Cidadão, que também serve para receber abono salarial, seguro-desemprego e outros benefícios sociais.

Ainda tem dúvidas sobre o Cartão Bolsa Família? Deixe um comentário com a sua pergunta.

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 4.75
Total de Votos: 4

Cartão Bolsa Família 2019: passo-a-passo para fazer o seu

2 comentários

  • Rosani:

    Eu tenho direito ao Bolsa Família sou aposentada pelo INS por invalidez moro com minha filha, nora e neta estão as 3 desempregadas como faço para adquirir o cartão Bolsa família.

    Responder
  • Jessica:

    Quero um cartão da Bolsa Família

    Responder

Comente