Os diferentes cartões disponíveis para sacar Bolsa Família 

Existem quatro tipos de cartões disponíveis para sacar o Bolsa Família

O Programa do Governo Federal, Bolsa Família, considerado o maior em transferência direta de renda do país, tem como objetivo reduzir as condições de pobreza e pobreza extremas das famílias que vivem nessas condições. Para tanto, o benefício oferece uma quantia em dinheiro e diferentes cartões disponíveis para sacar o Bolsa Família.

Hoje os beneficiários podem contar com cartão de débito vinculado a uma conta poupança. (Foto: Divulgação)

Cartões que servem para sacar Bolsa Família

Veja a seguir quais cartões podem ser utilizados para sacar o Bolsa Família:

#1 – Cartão Bolsa Família

O principal meio pelo qual o benefício pode ser sacado é através do próprio cartão disponibilizado pelo Programa, o Cartão Bolsa Família. Quem pode fazer uso desse cartão é apenas o Responsável pela Unidade Familiar (RF), isto é, aquele que cadastrou a família no programa, sendo este o titular do cartão.

Para que um terceiro possa utilizar o cartão, caso o titular esteja impossibilitado para o uso, é necessário que o gestor pelo Programa no bairro ou município seja informado, para que emita uma declaração permitindo a utilização do cartão por outra pessoa.

Semelhante a qualquer outro cartão de banco, por meio do Cartão do Bolsa Família é possível não apenas realizar saques como também consultar a situação do beneficiário, como saldos e até mesmo retirar o extrato da conta, em qualquer agência da caixa econômica federal.

Por meio do Cartão Bolsa Família, ainda é possível consultar outros benefícios da Previdência Social a que o beneficiário pode ter direito como:

  • Seguro desemprego;
  • Abono salarial;
  • Saque do PIS;
  • Extratos do FGTS.

Como obter o Cartão do Bolsa Família

O primeiro passo para conseguir o direito de usar o Cartão do Bolsa Família é ser um beneficiário do Programa. Para isso, é necessário que o cidadão interessado em receber o auxílio mensal, faça uma inscrição do Cadastro Único (CadÚnico), registro pelo qual o governo tem acesso a situação socioeconômica das famílias em situação de vulnerabilidade.

Para realizar esse cadastro, o cidadão deve procurar um Centro de Referência em Assistência Social (CRAS), e apresentar os documentos necessários de identificação e que comprovem a situação em que vive. Devem ser apresentados os documentos do responsável, bem como de todos os demais membros da família, veja quais:

  • Carteira de Identidade com foto em boas condições de visualização;
  • CPF;
  • Certidão de Nascimento;
  • Certidão de Casamento;
  • Título de Eleitor;
  • Carteira de Trabalho;
  • Comprovante atualizado do endereço.

O Responsável pela Unidade Familiar deve ter no mínimo 16 anos, e ser preferencialmente do sexo feminino.

Após realizar o cadastro, a família deverá aguardar o resultado, ou seja, se será contemplada pelo benefício. Esta seleção é feita pelo Ministério do Desenvolvimento Social, e leva em consideração os dados fornecidos pelos municípios via Cadastro Único.

Caso seja aprovado o pedido para participar do Programa, a família deve receber o Cartão Bolsa Família na própria residência, em um prazo médio de 15 dias úteis. Porém, após o recebimento do cartão, o usuário deverá cadastrar uma senha para que possa utilizá-lo.

Para fazer o cadastro da senha é muito simples, e basta o usuário ligar para o telefone 0800 726 0207 e fazer a solicitação, ou ir diretamente a uma agência da caixa econômica. É necessário que o beneficiário compareça com um documento de identificação com foto, e com o cartão em mãos.

#2 – Cartão Cidadão

O Cartão Cidadão é vinculado aos Programas Sociais do Governo Federal, e por meio dele, é possível ter acesso a benefícios como PIS, PASEP, FGTS e também ao Bolsa Família, além de outros benefícios sociais.

É possível utilizar o Cartão Cidadão em todos os terminais autorizados pela Caixa Econômica, como nos caixas eletrônicos e em casas lotéricas, por exemplo. Por meio desse cartão é possível realizar consultas sobre a situação do benefício do qual o cidadão tem direito, além de realizar saques.

Para solicitar o Cartão Cidadão, é possível ligar para o telefone 0800 726 0207, e informar sobre o número do NIS. Também é possível fazer a solicitação em qualquer agência da Caixa Econômica Federal. Neste local, é importante apresentar junto com o NIS, uma carteira de identificação com foto.

Após receber o cartão, é necessário que seja criada uma senha para utilizar o cartão nos terminar disponíveis. Para solicitar, basta ligar para o mesmo telefone informado acima, ou ir a uma agência ou até mesmo a uma casa lotérica e apresentar também a carteira de identidade e o número NIS.

#3 – Cartão de Débito do Bolsa Família

O Cartão de Débito do Bolsa Família dar acesso a Poupança Caixa Fácil que é a mais recente forma de pagamento do benefício do Programa Bolsa Família. Criado em 2016, pelo Ministério do Desenvolvimento Social, o objetivo da conta é garantir mais uma opção ao beneficiário, além de ser um modo considerado mais prático e seguro para sacar o benefício.

Além de possibilitar que mais de um saque seja feito no mês, o beneficiário ainda poderá utilizar o cartão para fazer compras em farmácias e até mesmo supermercados, pois o cartão possui a bandeira dos cartões Elo.

Por ser uma conta poupança não é cobrado taxa de manutenção do beneficiário que opte por essa forma de receber o benefício, como ocorre normalmente com as contas correntes. Esta modalidade de conta, ainda permite às famílias efetuar depósitos, realizar transferências, consultar saldos e retirar extratos.

#4 – Cartão Pactuado do Bolsa Família

O Cartão Pactuado do Bolsa Família é emitido aos cidadãos que recebem algum benefício social em nível local e que, através dele, também é podem ter acesso ao Bolsa Família. Por isso o nome pactuado, isto é, um cartão por meio do qual pode sacar benefícios diferentes de transferência de renda.

É importante frisar que todos esses cartões citados acima e que permitem sacar o Bolsa Família, além de realizar consultas sobre a situação em que se encontra o benefício, são emitidos pela Caixa Econômica Federal.

O recebimento do benefício segue um calendário previamente estabelecido para aquele ano pelo Governo Federal, chamado de Calendário de Pagamento do Bolsa Família.

Restou com alguma dúvida sobre quais são os cartões disponíveis para sacar o Bolsa Família? Mande uma mensagem.

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 5
Total de Votos: 1

Os diferentes cartões disponíveis para sacar Bolsa Família 

Comente