Qual o valor do Décimo Terceiro do Bolsa em 2019?

O pagamento extra será liberado entre os dias 10 e 23 de dezembro.

Milhares de brasileiros que vivem em situação de pobreza estão contando com o abono natalino do Governo Federal. Mas qual o valor do décimo terceiro do Bolsa Família? Entenda o cálculo e saiba quando o adicional estará disponível para saque.

Jair Bolsonaro já confirmou a liberação de dinheiro para o 13º do Bolsa Família, mas não irá reajustar o benefício. Além disso, o pente fino continua ativo para combater as irregularidades do programa. O governo já cortou 381 milhões de beneficiários.

O valor do décimo terceiro do Bolsa vai dobrar a parcela de dezembro.

Os cortes do Bolsa Família impactaram os beneficiários com renda per capita familiar superior a R$440,00. Alguns núcleos com renda de R$ 170 a R$ 440 por pessoa também tiveram o benefício bloqueado.

Aprovação do décimo terceiro do Bolsa

No dia 16 de outubro, uma Medida Provisória foi publicada no Diário Oficial da União autorizando os pagamentos do 13º aos beneficiários do Bolsa Família. A MP garante que o abono seja repassado para as famílias junto com a parcela de dezembro de 2019, mas não assegura a gratificação para os próximos anos.

De acordo com Oscar Terra, ministro da cidadania, o objetivo do Governo Federal é manter o pagamento do benefício nos próximos anos. Sendo assim, haverá previsão orçamentária para enquadrar o benefício nos limites da verba pública.

Como se trata de uma Medida Provisória, o texto que formaliza o décimo terceiro do Bolsa Família possui força de lei. Apesar disso, ele depende de uma aprovação no Congresso Nacional em até 120 dias.

Como o valor do décimo terceiro do Bolsa será calculado?

O valor do décimo terceiro do Bolsa será idêntico à parcela que a família tem direito no mês de dezembro de 2019. Portanto, o governo vai depositar o dobro para cada uma das famílias que dependem do programa social.

Ainda não entendeu? Veja um exemplo prático:

“Maria José recebe um benefício de R$212,00. Com o pagamento extra assegurado pelo Governo Federal, ela será beneficiada com o dobro do valor que recebe normalmente, ou seja, vai ganhar R$424,00 em dezembro de 2019”.

O adicional que será pago junto com o benefício de dezembro terá um custo de R$ 2,58 bilhões para a economia brasileira. Para conseguir esse dinheiro, o Governo Federal se empenhou no cancelamento de benefícios irregulares, ou seja, que não atendem aos requisitos do programa social.

Quando o 13º será liberado?

O pagamento do 13º tem dias exatos, que variam conforme o último dígito do NIS (Número de Inscrição Social), impresso no cartão. O calendário normal do programa será respeitado. Veja abaixo as datas de pagamento:

  • Final do NIS 1: 10 de dezembro de 2019
  • Final do NIS 2: 11 de dezembro de 2019
  • Final do NIS 3: 12 de dezembro de 2019
  • Final do NIS 4: 13 de dezembro de 2019
  • Final do NIS 5: 16 de dezembro de 2019
  • Final do NIS 6: 17 de dezembro de 2019
  • Final do NIS 7: 18 de dezembro de 2019
  • Final do NIS 8: 19 de dezembro de 2019
  • Final do NIS 9: 20 de dezembro de 2019
  • Final do NIS 0: 23 de dezembro de 2019

Quem não estiver com o benefício liberado em dezembro não terá direito ao pagamento extra, isso porque o Governo Federal utiliza a folha de pagamento desse mês como referência. Portanto, Bolsa Família bloqueado ou suspenso pode ser um problema nessa ocasião.

Como sacar?

O saque pode ser realizado em até três meses, nas agências da Caixa Econômica Federal ou casas lotéricas. O titular do benefício deve apresentar documento de identificação com foto, NIS e Cartão Cidadão (se houver).

A promessa de criar o décimo terceiro do Bolsa Família surgiu durante a campanha eleitoral de Jair Bolsonaro. O presidente acredita que esse adicional vai ajudar as famílias mais pobres a comprar alimentos e outros recursos básicos.

Para acompanhar a liberação do abono, é recomendado instalar o aplicativo do Bolsa Família no smartphone, disponível para Android e iOS.

Atualmente, o Bolsa Família atende mais de 14 milhões de famílias em situação de vulnerabilidade socioeconômica. O valor do benefício varia de R$ 89 até R$ 372, conforme a composição familiar.

 

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 5
Total de Votos: 1

Qual o valor do Décimo Terceiro do Bolsa em 2019?

Comente