Como fazer pré-natal pelo SUS? Confira o passo a passo

Faça o acompanhamento da gestação e garanta a sua saúde e a de seu bebê

Aprenda como fazer pré-natal pelo SUS, ou seja, sem ter qualquer tipo de gasto com médico ou exames. Esse tipo de acompanhamento gratuito é muito importante para manter a saúde de mãe e filho durante os nove meses de gestação.

O pré-natal pelo SUS garante a saúde da mãe e do bebê.

As grávidas que recebem Bolsa Família devem fazer o pré-natal pelo SUS. (Foto: Divulgação)

A gravidez é um período muito importante na vida da mulher.  Durante quarenta semanas várias transformações acontecerão no corpo da futura mamãe. Para que esse momento possa ser curtido com o máximo de tranquilidade pelo casal é muito importante que se tenha certeza de que está tudo bem com a saúde da mamãe e do feto. Por essa razão é  indispensável o acompanhamento durante a gestação,  que é realizado através de vários exames que chamamos de pré-natal.

Nesta hora é muito importante que a família escolha um obstetra que passe confiança, pois ele vai acompanhar um dos momentos mais importantes da sua vida: o nascimento do seu filho. No entanto esses profissionais normalmente encontram-se na rede privada e sabemos que em um país como o nosso, que ainda carrega consigo muitas diferenças, nem todos têm condições de pagar por este serviço.

Neste artigo, vamos ensinar você que está nesta situação a como fazer o pré-natal pelo SUS, Sistema Único de Saúde do Governo Federal.

Pré-natal pelo SUS: passo a passo para fazer o seu

Em primeiro lugar, para obter qualquer tipo de atendimento pelo Sistema Único de Saúde é necessário que você tenha o cartão do SUS. Para emitir o cartão você deverá dirigir-se a um hospital, clínica ou posto de saúde da rede pública. Lá, basta apresentar o CPF e um documento de identificação que pode ser o RG, Certidão de Nascimento ou Casamento. Com o número do cartão do SUS em mãos, todo o seu atendimento e histórico de consultas passa a ser registrado, o que facilita o acompanhamento também da sua gestação.

Agora que você já tem o cartão SUS, poderá dar inicio ao seu pré-natal na rede pública. Ao chegar a uma das unidades de saúde da sua região, você será encaminhada para um teste rápido de gravidez. Confirmada a sua gestação o início do pré-natal é imediato.

O pré-natal de graça pelo SUS inclui exame de ultrassom. (Foto: Divulgação)

Em um primeiro contato, o médico irá realizar os procedimentos iniciais como solicitar exames, medir pressão, peso e um ultrassom. Nesta primeira fase, o profissional vai avaliar a saúde da mãe. Posteriormente começa o monitoramento do desenvolvimento do bebê. A partir da décima segunda semana já é possível ouvir o coração do feto bater.

Cronograma de avaliações do pré-natal

Este é o cronograma de avaliações pelas quais você e o seu bebê vão passar durante o pré-natal:

  • Medir o peso.
  • Medir a pressão.
  • Verificar eventual inchaço nas pernas e pés.
  • Medir a altura uterina.
  • Auscultar os batimentos cardíacos do bebê.
  • Observar as mamas.
  • Orientar sobre o preparo da amamentação materna.
  • Disponibilizar as vacinas.

Como fazer o pré-natal pelo SUS é gratuito, você não precisa se preocupar com o custo dos procedimentos. E o serviço não fica restrito somente aos procedimentos clínicos. São oferecidas outras atividades que também serão ótimas ao longo dos nove meses da sua gestação como reuniões com outras mamães para a troca de experiências. Há também palestras sobre como amamentar o seu bebê.

Agora que você já sabe como fazer o pré-natal pelo SUS não existe desculpa para deixa fazer este ato de amor ao seu bebê e a sua saúde.

Comente