Biometria Eleitoral: veja como fazer o cadastro e o prazo

A biometria eleitoral está sendo realizada aos poucos entre os eleitores brasileiros. Mais da metade dos cidadãos que votam no país ainda não efetuaram o recadastramento biométrico, ou seja, o registro das impressões digitais. Veja como fazer o cadastro e saiba mais sobre os prazos.

Falta menos de um ano para as eleições 2018 e, ainda assim, apenas 56% do eleitorado realizou o cadastramento biométrico. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) espera coletar as digitais de mais 10 milhões de brasileiros no próximo ano. Tudo indica que, em 2022, os eleitores do país estarão aptos para votar com as pontas dos dedos.

Imagem da campanha de biometria eleitoral.

A biometria eleitoral é obrigatória em algumas cidades brasileiras. (Foto: Divulgação)

Nas eleições de 2018, os brasileiros terão que eleger candidatos para ocupar os cargos de deputado estadual, deputado federal, senador, governador e presidente da república. A biometria será obrigatória em 2.800 cidades de todos os estados.

O que é Biometria Eleitoral?

A biometria é um procedimento que considera as medidas biológicas de cada indivíduo. O método vem sendo utilizado nos sistemas de identificação para aumentar a segurança e combater fraudes.

A Justiça Eleitoral vem, aos poucos, implementando o recadastramento eleitoral biométrico no Brasil. Esse sistema considera a impressão digital para reconhecer cada cidadão brasileiro.  Basta colocar a digital no terminal da urna eletrônica e pronto. Com isso, deixa de ser obrigatória a assinatura do caderno de votação.

O Tribunal Superior Eleitoral deu início à identificação biométrica para votar em 2008, por meio de um projeto piloto que mobilizou 40 mil eleitores em três municípios do país. Nas eleições de 2016, 46.305.957 eleitores usaram a identificação biométrica para votar.

Cadastramento biométrico

Para fazer o cadastro das suas digitais, o eleitor deve comparecer a sua zona eleitoral ou posto de atendimento. O atendente fará a coleta das digitais, bem como da assinatura eletrônica e da fotografia digitalizada. O processo demora em média 15 minutos.

O que levar?

Para fazer o cadastramento, é necessário providenciar alguns documentos. (Foto: Divulgação)

No dia do cadastramento biométrico, o eleitor deve levar:

  • Documento de identificação (RG, CNH ou Passaporte)
  • Comprovante original de residência
  • Título de eleitor (se houver)
  • Número do protocolo de agendamento

Tem como agendar recadastramento biométrico?

Para não enfrentar filas e ser atendido o mais rápido possível, o eleitor pode realizar o agendamento do atendimento pela internet. Ele só precisa acessar o site do TRE do seu estado, clicar no item “Agendar atendimento”, selecionar o município e fazer a solicitação.

Para solicitar o agendamento, é necessário preencher informar o número do título de eleitor. Caso o cidadão não tenha essa informação, pode preencher um breve formulário com dados pessoais (nome completo, data de nascimento, nome da mãe e nome do pai). Na sequência, é necessário selecionar o município e o endereço.

Os dados do eleitor aparecerão na tela. Confira as informações e verifique se estão corretas. Na sequência, informe um número de telefone e um e-mail de contato. Selecione a Zona Eleitoral/Central para atendimento. Escolha o melhor dia e horário para atendimento. Clique no botão “agendar” e imprima o número do protocolo.

O não comparecimento na data e horário marcado resultará em cancelamento automático do agendamento. No entanto, o cidadão deve fazer o cancelamento online para liberar o seu horário para outro eleitor.

Prazo da biometria eleitoral

O Tribunal Regional Eleitoral de cada estado adota um cronograma de recadastramento biométrico, com os respectivos prazos. No estado da Bahia, por exemplo, os eleitores precisam cadastrar as digitais até 31 de janeiro de 2018.

Em algumas cidades do Brasil, o recadastramento biométrico é obrigatório. Portanto, verifique se a biometria eleitoral é obrigatória no seu município e compareça à zona eleitoral ou central de atendimento dentro do prazo.

Quem não comparecer ao recadastramento terá o título de eleitor cancelado e não poderá votar.

Perdi o prazo. E agora?

Não se desespere. Procure o cartório da sua Zona Eleitoral o quanto antes para se informar sobre os procedimentos necessários para regularizar a situação.

Sites do TRE de cada estado

Para conferir mais informações a respeito da biometria eleitoral no seu estado, acesse o site do Tribunal Regional Eleitoral. Confira:

E aí? Você ainda tem dúvidas com relação ao recadastramento biométrico? Então entre em contato pela Central de Atendimento ao Eleitor 148.

Comente