Nome sujo: aprenda como limpar e sair da lista de inadimplentes

Renegociação da dívida pode garantir descontos no pagamento

Existem cerca de 60 milhões de brasileiros com dívidas atrasadas. Quando esses débitos permanecem em aberto por muito tempo, o consumidor é incluído nas listas de inadimplência. Aí, fica com o CPF negativado, o famoso nome sujo na praça.

O seu CPF está negativado? Esse problema tem solução.

Existe a possibilidade de renegociar a dívida para limpar o seu nome. (Foto: Divulgação)

Essa condição é ruim porque a pessoa não consegue um financiamento nem pode mais realizar compras parceladas. Porém, a boa notícia é que existem meios honestos de honrar com os compromissos e reconquistar o crédito. Continue a leitura e veja o que fazer para limpar o nome.

Passo a passo para limpar o nome sujo

Muita gente contrai dívidas por causa de imprevistos. Um conserto de emergência na pia da cozinha e uma internação às pressas no hospital podem comprometer o orçamento do mês. Episódios assim, mais pontuais, costumam ser resolvidos em poucas semanas.

Há, também, quem simplesmente se esqueça de pagar uma parcela do carnê. A solução é correr ao banco e arcar com taxas extras, referentes à multa e aos juros do período. Apesar do susto, as consequências terminam por aí.

Um dia de atraso na conta pode ser suficiente para a empresa recorrer ao Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), ou a Boa Vista SCPC. No entanto, esses órgãos geralmente aguardam um tempo para cadastrar o comprador como inadimplente.

Antes disso, o indivíduo deve receber uma correspondência. A notificação sobre os valores não quitados avisa que, caso a situação permaneça como está, haverá a negativação do CPF.

Se o nome sujo tornar-se uma realidade, a recomendação dos especialistas em finanças pessoais é seguir este passo a passo:

1º: Tentar pagar a dívida

Essa solução pesa no bolso, mas tende a funcionar mais rapidamente. Basta ir à agência bancária ou à loja onde a aquisição do produto foi realizada e pagar, na boca do caixa, a soma dos valores. Assim, o CPF é excluído do cadastro de inadimplentes em até cinco dias úteis.

2º: Renegociar os débitos

Montantes muito altos dificilmente podem ser quitados à vista. Sendo assim, o segundo passo é tentar reparcelar a quantia em atraso. A partir do primeiro pagamento, o nome do consumidor já estará limpo de novo.

Essa medida funciona para as duas partes envolvidas na negociação. O devedor tem a chance de conseguir descontos e diminuir o impacto das mensalidades, readequando-as ao tamanho do seu bolso. Já o credor, mesmo que não obtenha todo o dinheiro ao qual teria direito, recebe pelo menos alguma grana.

Na renegociação, você tem boas chances de conseguir desconto. (Foto: Divulgação)

3º: Trocar a dívida por um empréstimo

O cheque especial, o rotativo do cartão e o crédito para negativado têm um problema em comum: cobram juros altíssimos. Basta um atraso para que se crie uma bola de neve impossível de saldar.

Uma alternativa drástica, mas possível, é recorrer ao empréstimo pessoal ou ao crédito consignado para liquidar a dívida. Na prática, substitui-se um pagamento por outro, mas com taxas mais baixas.

Viu como limpar o nome sujo pode ser simples? Deixe um comentário e conte-nos o que você achou das dicas!

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 4.3
Total de Votos: 3

Nome sujo: aprenda como limpar e sair da lista de inadimplentes

1 comentário

  • Sandra maria mendes marcelino brandao:

    como consigo um emprestimo para limpar meu nome se o nome esta sujo?

    por favor preciso desta informação.
    grata

    Responder

Comente