Cadastro Ciee para Jovem Aprendiz 2018: aprenda como fazer

Programa Aprendiz Legal oferece formação técnica e emprego aos estudantes

Você pode conquistar o primeiro emprego antes mesmo de sair da escola. O cadastro CIEE para Jovem Aprendiz 2018 é um dos canais mais seguros para isso.

Por meio do programa conhecido como Aprendiz Legal, o jovem desenvolve novas habilidades e é contratado em regime CLT, com todos os direitos trabalhistas assegurados. Sem contar que a jornada diária não passa de seis horas – ou seja, não atrapalha os estudos.

O ano mal começou e muitos jovens já estão fazendo o Cadastro Ciee para Jovem Aprendiz 2018.

O Centro de Integração Escola-Empresa ajuda na conquista do primeiro emprego. (Foto: Divulgação)

Ficou com vontade de saber um pouco mais? Então não deixe de conferir nossas dicas.

Como fazer o cadastro CIEE para Jovem Aprendiz 2018

O programa Aprendiz Legal é uma parceria do Centro de Integração Empresa-Escola com a Fundação Roberto Marinho. O objetivo é preparar e inserir os jovens no mercado, formando trabalhadores qualificados e capazes de tomar boas decisões.

Os participantes recebem não apenas um salário, mas também um curso profissionalizante na sua área de atuação. Imagine terminar o Ensino Médio já com alguma experiência teórica e prática no currículo: isso eleva as oportunidades de emprego no futuro! E o melhor é que o aluno não precisa pagar nada.

Todo o processo de inscrição ocorre pela internet. O cadastro é gratuito. Como a abrangência é nacional, o primeiro passo é entrar em contato com a entidade que represente o Aprendiz Legal no seu estado.

Na maioria dos casos, será uma agência do próprio CIEE. Já algumas capitais possuem uma unidade da organização Gerar. No site, é possível conferir uma lista completa com endereço eletrônico e telefone de cada local.

Uma vez encontrado o órgão correspondente do seu estado, basta realizar o cadastro CIEE para Jovem Aprendiz 2018 no portal. O sistema exigirá alguns dados pessoais, como CPF, telefone e escolaridade. O processo é rápido e bem simples. Na página, também dá para conferir quais são as vagas disponíveis no momento da inscrição.

Quem pode participar do programa Aprendiz Legal

O programa de aprendizagem atende jovens de 14 a 24 anos. (Foto: Divulgação)

A lei nº 10.097, conhecida como Lei da Aprendizagem, foi publicada no ano 2000. O texto estabelece que toda empresa com sete colaboradores ou mais precisa destinar um percentual mínimo de vagas a aprendizes. São jovens entre 14 e 24 anos incompletos, que estejam matriculados no Ensino Fundamental ou no Ensino Médio.

O vínculo trabalhista é de caráter especial. A jornada diária deve ficar entre quatro e seis horas, sendo dois anos o período máximo de serviço. Alunos de Ensino Médio podem cumprir oito horas por dia na empresa, desde que esse tempo também contemple aprendizagem teórica.

O jovem aprendiz tem direito a todos os benefícios trabalhistas, como 13º salário e férias. Porém, vale lembrar que a folga deve coincidir com o recesso escolar. Quanto à formação técnica, existem cursos nas mais diversas áreas. Alguns exemplos:

– Auxiliar de Alimentação;

– Auxiliar de Produção;

– Comércio e Varejo;

– Conservação, Limpeza e Sustentabilidade Ambiental;

– Logística;

– Ocupações Administrativas;

– Práticas Bancárias;

– Telemática;

– Telesserviços;

– Turismo e Hospitalidade.

Que tal fazer seu cadastro CIEE para Jovem Aprendiz 2018 e começar o ano com uma nova ocupação? Aproveite e deixe um comentário abaixo com sua opinião sobre o programa Aprendiz Legal!

Comente