Consulta Seguro Desemprego: acompanhe os depósitos das parcelas

O segurado pode consultar pela Internet, com o Cartão Cidadão ou pelo Telefone

Considerado um dos mais importantes direitos dos trabalhadores no Brasil, o Seguro Desemprego oferece auxílio em dinheiro por um determinado período, aqueles que foram dispensados de suas funções sem justa causa. A finalidade deste Seguro, previsto pela Constituição Federal, é prover assistência temporária ao desempregado para que ele possa ter algum sustento até encontrar uma próxima ocupação.

Seguro desemprego é direito do segurado

A consulta do seguro desemprego pode ser feita por qualquer beneficiário do INSS. (Foto: Divulgação).

Atualmente, o Seguro Desemprego é pago aos beneficiários em parcelas divididas de três a cinco vezes, de acordo com o tempo de trabalho. Os valores dessas parcelas são baseados numa média feita levando em conta o salário mensal do último vínculo empregatício do segurado. O mais comum é que esta média seja feita com base no salário dos últimos três meses.

No site oficial do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), o segurado pode ter acesso à tabela atualizada para o cálculo do benefício, aplicando uma fórmula baseada no valor do salário. É importante frisar que o valor do benefício só não pode ser inferior ao salário mínimo, que atualmente é de 954 reais

Como consultar as parcelas do Seguro Desemprego?

A liberação da primeira parcela do Seguro Desemprego ocorre 30 dias após a solicitação do benefício. Para acompanhar os depósitos das parcelas, o segurado pode acessar o site oficial da Caixa Econômica Federal, e seguir os seguintes passos:

Passo 1 – Na página inicial, na barra horizontal situada na parte superior do site, o beneficiário deve clicar no botão ‘Consultar pagamento’.

Passo 2 – Já na página seguinte, caso seja a primeira consulta do usuário, deve ser realizado o cadastro de uma senha.

Passo 3 – No campo destinado ao NIS (Número de Identificação Social), o beneficiário deve digitar o número do PIS e, em seguida, clicar no botão ‘Cadastrar Senha’.

Passo 4 – Após ler o Termo de Uso, o beneficiário deve descer a barra de rolagem até o final, e clicar no botão ‘Aceito’.

Passo 5 – Os dados pessoais como Nome, CPF e número do titulo de eleitor do beneficiário deverão ser informados e, em seguida, confirmados.

Passo 6 – Na página seguinte, deve ser criada uma senha de seis a oito dígitos, entre letras e números.

Passo 7 – Para entrar no sistema, o beneficiário deverá digitar o número do PIS e a nova senha criada.

Passo 8 – Após entrar no sistema, o beneficiário deverá clicar no botão ‘Seguro Desemprego’ e, em seguida, clicar em ‘Consultar o benefício’. Nesta aba, é possível ter acesso a informações como: valor do benefício, data dos pagamentos e a situação atual do segurado.

APP Caixa Trabalhador

A consulta ao Seguro Desemprego também pode ser feita através do aplicativo da Caixa Econômica Federal disponível para dispositivos móveis. Por meio dele o segurado pode acompanhar o calendário do pagamento das parcelas, verificar parcelas já liberadas e consultar extratos.

O aplicativo oferece ainda a possibilidade de o beneficiário localizar, com o auxílio de um mapa, a agência da Caixa Econômica Federal mais próxima, caso ele necessite de algum serviço presencial. O usuário também pode acessar as perguntas mais frequentes dos usuários e, assim, esclarecer dúvidas.

Cartão Cidadão

Outra forma de realizar a consulta ao Seguro Desemprego é utilizando o Cartão Cidadão. Este cartão é oferecido àqueles que recebem algum benefício do Governo Federal, e tem como objetivo garantir maior facilidade e segurança aos usuários durante o recebimento dos benefícios.

Para utilizar o Cartão Cidadão, o beneficiário não precisa possuir conta na Caixa Econômica Federal. Com ele, é possível consultar o Seguro Desemprego diretamente no caixa eletrônico ou em qualquer lotérica.

O cartão também permite acessar outros serviços de consulta ao PIS e ao FGTS, além do recebimento de benefícios referentes aos programas de transferência de renda como é o caso do Bolsa Família.

É possível solicitar o Cartão Cidadão pelo telefone 0800 726 -0207, ou em uma agência da Caixa Econômica Federal.

Consultar pelo Telefone

Ainda é possível consultar o Seguro Desemprego pelo Serviço de Atendimento ao Cidadão, ligando para o telefone 0800 726 -0207. Para efetuar a ligação, é importante que o beneficiário tenha em mãos os seguintes documentos:

  • Carteira de Identidade (RG);
  • CPF;
  • O número do PIS que pode ser encontrado na Carteira de Trabalho ou no Cartão Cidadão.

Quem tem direito ao Seguro Desemprego?

Para ter direito ao Seguro Desemprego é necessário se enquadrar em pelo menos uma das categorias a seguir:

  • Trabalhador formal e doméstico, que tenha sido dispensado sem justa causa;
  • Trabalhador formal que teve o trabalho suspenso em virtude de participação em curso ou programa de qualificação oferecido pelo próprio empregador;
  • Pescador profissional durante o período do defeso (período de reprodução dos peixes);
  • Trabalhador resgatado da condição análoga à escravidão.

Quais as condições necessárias para receber o Seguro Desemprego?

O benefício do Seguro Desemprego é oferecido àqueles que cumprem as condições exigidas a seguir:

  • Ter sido dispensado sem justa causa
  • Estiver desempregado ao solicitar o benefício
  • Não possuir renda própria
  • Não estiver recebendo benefício da previdência social

No caso do trabalhador doméstico, além dessas condições acima, ele deve ainda comprovar que trabalhou exclusivamente como empregado doméstico pelo período de no mínimo 15 meses.

Já em se tratando do pescador artesanal, deve ser comprovada a venda do pescado pelo menos 12 meses antes do início do defeso para ter acesso ao benefício.

Como requerer o benefício do Seguro Desemprego?

O trabalhador que foi dispensado sem justa causa pode solicitar o Seguro Desemprego no posto de atendimento nas Delegacias do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), no Sistema Nacional de Emprego (SINE), ou em agências da Caixa Econômica Federal.

É importante estar portando todos os documentos exigidos, incluindo o Requerimento de Seguro Desemprego recebido do empregador e devidamente preenchido. Além deste, veja a lista dos demais documentos que devem ser apresentados no momento da solicitação do benefício:

  • Documentos de identificação;
  • CPF;
  • Carteira de Trabalho;
  • Comprovante de inscrição do PIS-PASEP;
  • Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho (TRCT);
  • Três últimos contracheques dos meses anteriores à demissão;
  • Extratos comprobatórios dos depósitos do FGTS;
  • Comprovante de residência.

A solicitação do benefício pode ser feita do 7º ao 120º dia após a data da dispensa, no caso do trabalhador formal. Em se tratando do trabalhador doméstico o período vai do 7º ao 90º dia. Para o pescador artesanal, o requerimento deve ser feito em até 120 dias após o início do defeso.

Onde receber o Seguro Desemprego

O benefício pode ser retirado ainda nos seguintes locais:

  • Lotérica da Caixa
  • Correspondente Caixa Aqui
  • Autoatendimento na Caixa Econômica Federal, utilizando o Cartão Cidadão
  • Agência da Caixa Econômica Federal.

Restou com alguma dúvida sobre como consultar o Seguro Desemprego? Deixe um comentário.

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Consulta Seguro Desemprego: acompanhe os depósitos das parcelas

Comente