Empréstimo pelo Bolsa Família: entenda melhor como funciona

Já pensou em obter um empréstimo pelo Bolsa Família? Pois saiba que o governo espera consolidar essa iniciativa nos próximos meses. A ideia é criar uma linha de crédito para estimular o empreendedorismo entre os beneficiários do maior programa social do Brasil.

Muitos brasileiros recebem Bolsa Família porque estão fora do mercado de trabalho formal. O Governo Federal, por sua vez, quer que essas pessoas encontrem novas fontes de renda através do empreendedorismo e não dependam apenas do benefício social. Pensando nisso, foi criada uma linha de crédito especial.

Beneficiários do Bolsa Família poderão contar com microcrédito para investir no próprio negócio. (Foto: Divulgação)

O pacote de crédito do Bolsa Família foi anunciado em agosto de 2016, pouco tempo depois de Michel Temer assumir a presidência da república. Ele tinha como principal objetivo ajudar as famílias do programa a empreender e assim aumentar a renda.

Governo vai criar microcrédito Bolsa Família

O microcrédito Bolsa Família será concedido para que os empreendedores de baixa renda possam comprar equipamentos e ferramentas para montar o próprio negócio.

Através do estímulo ao empreendedorismo, o governo espera que os brasileiros atendidos pelo Bolsa Família melhorem suas condições de renda e façam o desligamento voluntário do programa.

As prefeituras que ampliarem o número de famílias emancipadas do Bolsa Família serão recompensadas com prêmios em dinheiro, que vão de R$100 mil até R$ 3 milhões.

O empréstimo pelo Bolsa Família ainda está em fase de elaboração. A linha de crédito será criada pelo Governo Federal em parceria com Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, BNDES e tantos outros bancos públicos regionais.

Como funcionará o empréstimo pelo Bolsa Família?

Atualmente, os bancos exigem uma série de garantias para liberar um empréstimo. Entre as exigências está a necessidade de possuir um emprego com carteira assinada. Por conta disso, muitos brasileiros ficam sem o crédito e não conseguem empreender.

Para mudar essa realidade, o governo pretende oferecer o microcrédito Bolsa Família, que será concedido sem exigências de garantias.

Como já foi dito anteriormente, a família beneficiada pelo programa terá que aplicar o crédito em uma atividade produtiva. Portanto, o dinheiro não poderá ser usado para consumo.

O empréstimo Bolsa Família deve ser aplicado em uma atividade produtiva. (Foto: Divulgação)

São muitas as opções de serviços que podem ser prestados para aumentar a renda e deixar o Bolsa Família, como jardinagem, cabeleireiro, manicure, maquiador, massagista, confeiteiro, entre outras atividades.

Mesmo após abrir o próprio negócio, o beneficiário do Bolsa Família poderá continuar no programa por mais dois anos, como uma forma de garantia. Se alguma coisa der errado após o desligamento voluntário, ele poderá receber o benefício novamente, pois o seu número de inscrição será mantido.

Microcrédito e Capacitação

De acordo com Osmar Terra, ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, a estratégia de conceder microcrédito funcionará perfeitamente em parceria com o programa Progredir, uma iniciativa que promove capacitação profissional para o empreendedorismo.

Osmar Terra, ministro do Desenvolvimento Social e Agrário. (Foto: Divulgação)

O ministro garantiu, ainda, que esse pacote será anunciado oficialmente em julho de 2017. Tudo indica que R$3 bilhões serão disponibilizados para os bancos parceiros oferecerem microcrédito produtivo Bolsa Família.

E aí? Qual a sua opinião sobre o empréstimo pelo Bolsa Família? Deixe um comentário.

10 comentários

  • Marcia:

    E, um projeto muito bom. E, com essa emprestimo que, vai beneficiar muita gente que tem o benefício , pra investir , no seu próprio negócio e obter sua , própria renda. Eu gostei e é uma oportunidade muito boa .

    Responder
  • Maria da Penha da Silva:

    Vai ser ótimo eu quero vender coxinha com suco porque estou desempregada e descobrir ums nodolos no seios e tenho que fazer a cirurgia e depois não vou poder fazer muito esforço

    Responder
  • suely:

    acho maravilhoso vai ajudar muito.

    Responder
  • Renato Natalino da Silva:

    Ótima atitude do Governo , nem todos tem o empreendimento como meta , muitos como eu e minha família sempre sonhamos em ter o próprio negocio, e empreender em algo que nos ajude no orçamento domestico sendo assim , aguardamos ansiosos pelo aparvamento deste empréstimo que com certeza será bem vindo.

    Responder
  • Joelma:

    Seria bom mesmo pois já que emprego está difícil ter uma renda para fazer seu próprio negócio seria uma boa e se caso não desse certo vcs faria o devolveria o bolsa família então não tinha com que se preocupar eu gostei. Mais será que isso acontecerá?

    Responder
  • Maria cleuma gomes soares:

    Para mim seria muito bo.m pois gostaria de ter meu proprio negocio e com esses emprestimo seria o primeiro passo.

    Responder
  • Selma Gonçalves de Melo:

    Excelente iniciativa do governo brasileiro. Gostaria muito de ter meu negocio, uma vez que que estou desempregada, minha mãe com câncer e eu tenho qualificação para voltar a tocar um empreendimento. Preciso de muito pouco, o suficiente para sair da linha social que nos encontramos agora.

    Deus ilumine esse projeto.

    Responder
  • Overlan Araujo:

    Muito bom será. Uma grande oportunidade

    Responder
  • Cristina santos:

    Gostei muito dessa oportunidade de ter nosso próprio negócio. Muito bom mesmo. Tomara que dê certo

    Responder
  • cicera lopes dos santos:

    vai ser muito bom eu vou gostar de ter meu proprio
    negocio. eu sempre quis mais nunca tive condições e esse beneficio vai ser ótimo

    Responder

Comente